Uma das maiores preocupações no mundo digital atualmente são a propagação de notícias falsas, levando alguns a considerarem os tempos atuais como “a era da pós-verdade”. Isso significa que, cada vez mais, usuários de sites e redes sociais vem sendo enganados pelas fake news, levando-os a tomarem atitudes pouco louváveis por conta de desinformação. Para evitar que seja pego nesse tipo de conteúdo – muito compartilhado em grupos do WhatsApp, por exemplo, confira abaixo alguns passos para identificar fake news!

Cheque a fonte da fonte: a primeira coisa que você precisa ficar de olho é na fonte da notícia, ou seja, o site ou jornal que publicou essa informação. Quando o site é mais conhecido, as chances de ser uma notícia falsa são bem menores! Mesmo assim, olhe direitinho a página, veja se está tudo escrito certo, se as imagens não foram manipuladas e se aquele é o site original. Ah, e se a notícia veio do grupo de WhatsApp e não tem link, antes de acreditar, procure saber de onde ela veio, tá?

Leia: nunca compartilhe uma notícia só pelo título ou pela foto, viu? Sempre leia tudo até o final, para ter certeza sobre o que o texto está dizendo.

Data: dê sempre uma olhadinha na data do texto. Alguns sites costumam publicar notícias antigas nas redes sociais, o que pode acabar confundindo quem está lendo.

Google: uma forma bem legal de saber se uma notícia é falsa ou não é fazendo uma pesquisa sobre ela no Google. Se for uma noticia falsa, você não vai encontrar nada ou muito pouco sobre o assunto. Já quando a notícia é verdadeira ela é veiculada pelos principais meios de comunicação!

Preste atenção à URL: apesar de não ser 100% confiável, olhar a URL da notícia pode identificar sua confiabilidade. Alguns sites mal-intencionados possuem nomes semelhantes a grandes sites como G1, Exame e Época. Por isso, ao clicar na notícia, confira a URL principal do site e certifique-se de que é a mesma do site oficial.

Evite sites conhecidos por sensacionalismo: nem toda publicação impressa ou online possui a informação verídica como sua principal razão de existir. Essas páginas, mesmo que legitimamente tidas como empresas ou jornais, normalmente recorrem ao sensacionalismo em primeiro lugar e deixam a verificação para depois.

Procure conhecer quais sites são esses e leia-os com dez vezes mais ceticismo que o comum. Ou evite-os caso reportagens sensacionalistas não sejam seu objetivo.

Piadas: alguns sites de humor postam somente notícias falsas, mas o objetivo não é espalhar mentira, e sim fazer piada de alguma coisa que está acontecendo no mundo. Tome cuidado para não confundir as coisas.

Aprenda sobre o site que está visualizando: infelizmente, muitos sites, canais do Youtube e perfis nas redes sociais têm como objetivo a propagação destas notícias falsas. Por isso, é sempre bom ser cético em relação a tudo que lê na internet. Se nunca ouviu falar do site que está lendo uma publicação, procure a página Sobre, se possui informações de contato e quem são os responsáveis pelo jornal online ou canal e sua reputação.

Cheque por erros de formatação ou ortografia: como muitos sites de notícias falsas não são comandados por pessoas profissionais, fique de olho ao design do site e até mesmo a ortografia na matéria. Erros pequenos são comuns mesmo nas publicações mais relevantes, mas quando erros grotescos são o padrão de um site ou seu layout não inspira confiança, é bastante possível que esteja lidando com fake news.

Checagem de fatos: além de ficar atento aos detalhes, você também pode garantir que o que você está lendo é verdade através de meios comprovadamente confiáveis. Uma dica é o site Aos Fatos que trabalha com a IFN, uma rede internacional de checadores de fatos que é parceira do Google, ou a Lupa, a primeira agência de checagem de fatos do Brasil.

WhatsApp: gente, cuidado, não acredite em tudo o que você lê no WhatsApp! Alguns golpes que acontecem no Brasil usam o WhatsApp como ferramenta. Não clique em links suspeitos e desconfie de promoções, notícias ou até recomendações médicas compartilhadas pelo aplicativo.

Agora com essas dicas as notícias compartilhadas na web será por você vista com outros olhos!

Compartilha com os amigos essas dicas e cola aqui em baixo alguma notícia atual que você acha que é Fake news.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *